banner5

Pesquisa: Lula vence no Norte e no Nordeste, enquanto Bolsonaro tem vantagem no Sul, Sudeste e Centro-Oeste

 

Na pesquisa nacional estimulada divulgada pelo AtlasIntel na quinta (25), Lula aparece à frente com 46,7% das intenções, contra 38,3% de Jair Bolsonaro (PL).
 
Com comparativo com os dados divulgados em julho, Lula avançou 2,7 pontos percentuais, mas está aquém do levantamento divulgado em março, quando contava com 49% do eleitorado.
 
Segundo turno
 
Numa eventual disputa de segundo turno, Lula também venceria Bolsonaro. Ele obteve 51,8% das intenções, contra 40,8% do atual presidente, enquanto 7,4% são votos brancos, nulos e ou de eleitores indecisos.
 
A pesquisa também mostra que o presidente Jair Bolsonaro lidera as intenções de voto para a Presidência da República no Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Enquanto isso, Lula leva a melhor no Nordeste e Norte do país.
 
No Sudeste, Bolsonaro leva pequena vantagem sobre o candidato do PT, com 42,7% das intenções. Lula tem 40%. Ciro Gomes (PDT) tem 6,7% e Simone Tebet (MDB), 6,2%.
 
Já no Centro-Oeste, a vantagem do presidente é de 3,3 pontos percentuais: 45,9% contra 42,6%. Ciro tem 4,9%, enquanto Simone Tebet aparece com 3,5%.
 
Entre os eleitores do Sul, Bolsonaro aparece com 47,5%, contra 39,8% de Lula. Ciro tem 5,3% das intenções e Simone Tebet obteve 1,8%.
 
A vantagem de Lula na pesquisa a nível nacional é expressada pela boa diferença sobre Bolsonaro no Nordeste e no Norte. Entre os nordestinos, o petista obteve 60,6% das intenções, contra 25,1% de Bolsonaro. Ciro Gomes, nascido no Ceará, teve apenas 7,2% das intenções. Simone conseguiu apenas 1,1%.
 
No Norte, o candidato do PT apareceu com 50,7% das intenções, enquanto Bolsonaro teve 36,7%. Ciro apareceu com 5,8% e Simone Tebet, 1,8%.
 
 
 
 
Pesquisa nacional
 
A pesquisa ouviu 7.475 eleitores em 2013 municípios de todo o país entre sábado (20/8) e quarta-feira (24/8). O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00848/2022. O nível de confiança é de 95%. A margem de erro é de 1 ponto percentual
Compartilhe:

Deixe um comentário