banner5

IPESPE: Marília Arraes lidera com 35%, Anderson é o segundo com 13%

 

A terceira rodada da pesquisa Folha de Pernambuco – em parceria com o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE) – para o Governo mostra que a candidata Marília Arraes (SD) segue consolidando sua liderança, com 35% das intenções. Na segunda colocação, houve uma oscilação em relação à última divulgação, ocorrida em 15 de agosto. Agora, a dianteira é ocupada por Anderson Ferreira (PL), com 13%. Raquel Lyra(PSDB) e Danilo Cabral vêm colados em terceiro, com 12% cada um. Miguel Coelhoficou com 10%. A margem de erro da pesquisa é de 3,2 pontos percentuais, o que indica um empate técnico entre os quatro postulantes.
 
Os candidatos Pastor Wellington (PTB) é o preferido por 1% dos entrevistados. João Arnaldo (PSOL) não alcançou 1%. Os postulantes Jadilson Bombeiro (PMB), Cláudia Ribeiro (PSTU), Jones Manoel(PCB) e Ubiracy Olímpio (PCO) constavam na lista estimulada, mas não foram mencionados pelos entrevistados. Os que disseram que não votarão em nenhum desses ou escolheram branco ou nulo somam 9%. 
Não sabem ou não responderam foram 10%. A pesquisa foi feita entre os dias 7 a 9 de setembro e ouviu mil pernambucanos em todo o Estado.
 
A evolução – Em relação à primeira rodada do levantamento, Marília foi a que apresentou o maior crescimento. Em julho, ela tinha 29%. Chegou a 31% em agosto e agora marcou 35%. 
Anderson tinha 12% em julho, o mesmo número na última pesquisa e, dessa vez, alcançou 13%. Por outro lado, Raquel, que teve os mesmos 13% nas duas primeiras edições, ficou agora com 12%. Danilo começou com 10%, subiu para 11% e atingiu 12% nesta rodada. Miguel, no início, tinha 9%, passou para 10% e segue com este percentual.
 
Faixa etária – A pesquisa Folha/Ipespe também mostra a preferência dos eleitores por faixa etária. Entre os que têm de 16 a 24 anos, a candidata do Solidariedade também tem 35%. Raquel fica em segundo, com 13%. Anderson Ferreira e Danilo Cabral ocupam o terceiro lugar, com 12% cada, e Miguel Coelho chega a 10%. Já para aqueles com 60 anos ou mais, Marília é a escolhida por 39%; Anderson por 16%, Danilo, 15%, Raquel, 11% e Miguel, 4%.
 
Escolaridade e renda – Do ponto de vista da escolaridade, 36% dos eleitores com até o ensino fundamental disseram que vão votar em Marília. Outros 14% optam por Anderson e 13% por Danilo. Raquel soma 8% e Miguel, 7%. Já os que têm ensino médio completo, 36% preferem Marília; 15% Raquel e 13% Miguel. Anderson e Danilo somam 10%. E entre aqueles com nível superior, Arraes tem 27% dos votos; Anderson, 16% e Danilo, 15%. Raquel soma 15% e Miguel, 9%.
 
Na faixa de renda de até 2 salários-mínimos, segue Marília na liderança, com 37%; seguida de Danilo com 12% e Anderson e Raquel, com 11%. Miguel possui 7%. Para quem recebe acima de 5 salários, Marília tem 29% da preferência. Cabral tem 17% e Raquel, 15%. Anderson possui 14% e Miguel, 13%.
 
Por região – Entre os moradores da capital, Marília é a escolhida por 40% dos eleitores. Anderson fica com 19%, Danilo com 11%; Raquel, 7% e Miguel, 4%. Já na periferia, Marília chega a 31%; Anderson, 25%; Danilo, 13%; Raquel, 11% e Miguel, 5%. Por fim, entre os entrevistados do interior, o resultado foi Marília com 35%; Raquel e Miguel têm 14% cada; Danilo, 12% e Anderson, 6%.
 
A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo PE-09209/2022 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-07692/2022.
 
Folha de Pernambuco
Compartilhe:

Deixe um comentário