banner5

Sobre a realidade de Pernambuco: Crítica, sim! Injustiça, não!

 

 
Por Wilson Bonifácio – Revista Nordeste
 
Está se aproximando o dia da eleição e ainda é o momento para candidatos da oposição e alguns setores da população pernambucana fazerem um exame de consciência. Que história é essa de dizer que o governador Paulo Câmara não fez nada? Quem diz isso é desonesto com os fatos e age de má-fé.
 
A verdade precisa ser dita!
Foi Paulo Câmara quem inaugurou a primeira fábrica de automóveis da história de Pernambuco – um projeto viabilizado pelo ex-governador Eduardo Campos.
 
Nunca houve tantas contratações na área da segurança pública como nos oito anos do governo de Paulo Câmara: 8 mil e 500 policiais civis e militares!
 
Quem assim faz, pode ser acusado de não fazer nada???
 
Na Saúde, 4 mil médicos, 3 mil e 500 enfermeiros e mais de dez mil técnicos de enfermagem foram contratados para melhorar o atendimento à população de Pernambuco.
 
Quem assim faz, pode ser acusado de não fazer nada???
Paulo Câmara coordenou pessoalmente o trabalho de combate à pandemia da Covid. Instalou hospitais de campanha e aumentou a quantidade de leitos de enfermaria e de UTI. E ainda sobre leitos, um recorde: só nos últimos 4 anos, foram abertos 500 leitos de UTI. 150 deles no interior e em cidades que nunca tinham contado com um leito de UTI.
 
Foi Paulo Câmara também quem abriu um hospital de grande porte, na estrutura onde funcionava o antigo Hospital Alfa, em Boa Viagem, para cuidar exclusivamente de pacientes de Covid. E ainda: concluiu as obras, equipou e ampliou o Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, e construiu o Hospital do Sertão, em Serra Talhada.
 
Quem assim faz, pode ser acusado de não fazer nada???
 
Em continuidade ao trabalho do ex-governador Eduardo Campos, Paulo Câmara investiu tanto na rede estadual de ensino que hoje a educação de Pernambuco está cheia de prêmios e é considerada uma das melhores do Brasil! Só para se ter uma ideia, o governador Paulo Câmara abriu 570 escolas de ensino integral em todas as regiões do estado.
 
Quem assim faz, pode ser acusado de não fazer nada???
 
Foi Paulo Câmara quem evitou que Pernambuco entrasse em crise e atrasasse o décimo terceiro e os salários dos servidores – a exemplo do que aconteceu com mais de dez estados, entre eles, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.
 
Em Pernambuco, os salários dos mais de duzentos mil servidores (ativos, aposentados e pensionistas) são pagos em dia e dentro do mês. Sem falar que o décimo nunca atrasou, ao contrário de vários outros estados.
 
Criticar um governante é um direito de qualquer cidadão e cidadã. Mas, faltar com respeito à verdade dos fatos, é uma atitude de pura desonestidade!!!
Compartilhe:

Deixe um comentário