banner5

Concurso da Educação em Pernambuco: provas serão dia 9 de outubro, veja locais de provas, horários e regras

 

 

Acontecem no próximo domingo (09) as provas objetivas e a discursiva do concurso da educação de Pernambuco para analistas em gestão educacional e assistente administrativo educacional.
 
Os inscritos podem consultar o local em que farão a seleção. O link com os endereços foi liberado nesta segunda-feira pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), responsável pelo certame. Basta informar o CPF do candidato.
 
Veja edital com as regras
 
As provas serão realizadas nos municípios das sedes das Gerências Regionais de Educação (GRE). Ao todo são 13 cidades: Afogados da Ingazeira, Araripina, Arcoverde, Caruaru, Floresta, Garanhuns, Limoeiro, Nazaré da Mata, Palmares, Petrolina, Recife, Salgueiro e Vitória de Santo Antão.
 
Como serão as provas
 
Para os dois cargos haverá dois testes objetivos, num total de 120 questões. O de conhecimentos gerais terá 50 quesitos e o de conhecimentos específicos, 70.
 
Concorrentes das vagas de analista em gestão educacional vão fazer também prova discursiva que é uma redação. O concorrente terá que escrever um texto de até 30 linhas.
 
Horários das provas
 
Para os candidatos ao cargo de analista em gestão educacional, o exame terá duração de 4 horas e 30 minutos. As provas começarão às 8h.
 
Já as provas objetivas para o cargo de assistente administrativo educacional terão 3 horas e 30 minutos de duração e serão a partir das 15h.
 
Concorrência do Concurso
 
De acordo com a Secretaria de Educação de Pernambuco, há 50.389 candidatos concorrendo aos cargos de assistentes administrativos. São apenas 96 vagas. Dividindo o total de inscritos pelo número de vagas, dá uma concorrência geral de 524 candidatos por vaga.
 
Já as 500 vagas de analista em gestão educacional vão ser disputadas por 26.920 candidatos. Significa que a concorrência geral é de 53 inscritos por vaga.
 
Ainda esta semana o Cebraspe deve divulgar a concorrência detalhada, por cidade e por vaga específica.
 
Regras: o que é proibido
 
O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas munido de caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e do documento de identidade original.
 
Será eliminado do concurso o candidato que, durante a realização das provas, for surpreendido portando: aparelhos eletrônicos, tais como wearable tech, máquinas calculadoras, agendas eletrônicas e(ou) similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, gravadores, pen drive, mp3 player, relógio de qualquer espécie, alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico, fones de ouvido e(ou) qualquer transmissor, gravador e(ou) receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens.
 
É proibido usar óculos escuros, protetor auricular, lápis, lapiseira/grafite, marca-texto e borracha. Caso leve lanche ou água, deve estar em recipiente ou embalagem em material transparente.
 
Salários
 
Os aprovados no concurso receberão salários que variam de R$ 2.238,14 a R$ 3.236,44. Analista em gestão educacional tem remuneração de R$ 3.236,44, acrescida de gratificação de R$ 681,32, com jornada de 40 horas semanais.
 
Assistente administrativo educacional receberá R$ 2.238,14, também com jornada de 40 horas semanais. As vagas para analista estão distribuídas em todas as Gerências Regionais da Educação, assim como também na Secretaria Estadual de Educação, que fica na Várzea, Zona Oeste do Recife.
 
Do PENotícias
Compartilhe:

Deixe um comentário