banner5

Raquel reedita a União por Pernambuco

 

 

Ao receber o apoio do senador Jarbas Vasconcelos, do deputado federal eleito Mendonça Filho, da família Coelho, através de Miguel, que disputou o Governo do Estado no primeiro turno, a candidata tucana Raquel Lyra reedita, na prática, a União por Pernambuco, criada há 24 anos, em 1998, para eleger Jarbas governador.
 
 
Na época, o movimento de centro direita se deu para isolar o ex-governador Miguel Arraes, que havia sido eleito em 94, sucedendo a Joaquim Francisco. Jarbas impôs uma derrota acachapante a Arraes, de mais de 1 milhão de votos de frente.
 
 
Em seu palanque, contou com Marco Maciel, Roberto Magalhães, José Mendonça, Gustavo Krause e a flor da direita no Estado, como os deputados Ricardo Fiuza e Gilson Machado. A União por Pernambuco nasceu num almoço histórico na fazenda do então deputado José Mendonça, pai de Mendonça Filho, em Belo Jardim.
 
Aos poucos, com as adesões que crescem a cada dia, mesmo recolhida ao luto pela morte do marido Fernando Lucena, Raquel virou instrumento da reedição da União por Pernambuco naturalmente, porque esta será uma eleição também marcada por uma disputa no campo ideológico.
 
Mesmo não tendo declarado apoio a Bolsonaro, Raquel representa o palanque da direita em Pernambuco, enquanto Marília, com Lula já tendo oficializado o seu apoio à candidata do Solidariedade, se mantém no campo da esquerda. Na época da União por Pernambuco, Jarbas também foi o candidato da direita contra Arraes, o postulante da esquerda.
 
Por:BlogdoMagno
Compartilhe:

Deixe um comentário