banner5

Em tratamento contra câncer, Pelé volta a ser internado em hospital em São Paulo

 

O ex-jogador Pelé, de 82 anos, em tratamento de um câncer, foi internado no hospital Albert Einstein, na zona sul de São Paulo, ontem. Segundo boletim médico, assinado pelos médicos Fabio Nasri, geriatra e endocrinologista, Rene Gansl, oncologista e Miguel Cendoroglo Neto, Diretor-Superintendente Médico e Serviços Hospitalares do hospital, Pelé está estável.
 
 
A nota diz: “Edson Arantes do Nascimento foi internado no Hospital Israelita Albert Einstein ontem (29) para uma reavaliação do tratamento quimioterápico do tumor de colón identificado em setembro de 2021. Após avaliação médica, o paciente foi levado a um quarto comum, sem necessidade de internação em uma unidade semi-intensiva ou UTI. O ex-jogador está com pleno controle das funções vitais e condição clínica estável”.
 
 
Segundo divulgou a ESPN, a internação não estava programada. O ídolo foi levado pela mulher, Márcia Aoki, e por um cuidador após apresentar um quadro de inchaço no corpo. Pelé está sendo submetido a uma bateria de exames ao longo desta quarta-feira para uma avaliação mais aprofundada de seu quadro.
 
De acordo com a ESPN, ao chegar no Einstein, o corpo médico que cuida do ex-jogador confirmou o quadro de anasarca (inchaço generalizado), uma síndrome edemigêmica (edema generalizado) e ainda identificou uma “insuficiência cardíaca descompensada”.
 
Outro problema relatado pela equipe médica é o fato de a quimioterapia realizada ao longo dos últimos meses não apresentar mais respostas para os tumores presentes em diversos órgãos do corpo do ex-atleta.
 
Em fevereiro, Pelé foi internado no Einsten para tratar uma infecção urinária. Seis meses depois, voltou ao hospital em meio ao tratamento do tumor, mas tranquilizou os fãs sobre seu estado de saúde. Pelé, ao dar entrada no hospital nesta terça-feira, estava inquieto e teve diagnóstico de confusão mental.
 
Por Blog do Magno
Compartilhe:

Deixe um comentário