banner5

Canhotinho ganha novo pórtico e escultura que destacam o município como “Capital do Boi de Corte”

 

A cidade de Canhotinho, no Agreste Meridional, recebeu, hoje, novo pórtico e escultura que destacam e reafirmam o título de Capital do Boi de Corte, condição que o município adquiriu por sediar, desde agosto último, unidade frigorífica da Masterboi, a primeira do Nordeste.
 
 
Desenvolvida em bronze, a estátua retrata um boi da raça Nelore e foi assinada pelo artista plástico pernambucano Ranilson Viana. A escultura é uma doação conjunta do deputado estadual Álvaro Porto, do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Carlos Porto, do ex-prefeito de Canhotinho Felipe Porto e dos empresários Valdir Macedo e Jailson Leite.
 
 
Localizados na entrada da cidade, o novo pórtico e a escultura integram uma série de obras de requalificação que o município vem recebendo em praças, canteiros e jardins. A nova configuração da entrada de Canhotinho está recebendo também novo revestimento asfáltico. Todo o conjunto será inaugurado em janeiro.
 
Canhotinho ganhou o título de “Capital do Boi de Corte” através de Projeto de Lei de Nº 4189/2020, de autoria do deputado Álvaro Porto. Em quatro meses de funcionamento, a Masterboi já está abatendo 200 bois por dia. O frigorífico, porém, tem capacidade de abater, diariamente, cerca de 700 cabeças de gado, caprinos, suínos e ovinos. Maior frigorífico industrial do Nordeste, o empreendimento recebeu investimentos superiores a R$ 120 milhões, gerando 800 empregos diretos e 3,5 mil indiretos.
 
Por Blog do Magno
Compartilhe:

Deixe um comentário