banner5

Lula quer a palavra “gasto” fora do vocabulário do governo

O presidente Lula pediu, na primeira reunião ministerial de seu mandato, realizada hoje, que sua equipe aposente a palavra “gasto” de seu vocabulário. As informações são do portal Estadão.

Na parte da reunião que foi a portas fechadas, o petista afirmou, como se ainda estivesse no palanque de campanha, que o único gasto aceito pelo mercado financeiro é o dos juros.

Segundo relatos de participantes, Lula insistiu que o governo “tem de falar de investimento” e disse ter dado essa orientação ao ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

“Pouco antes, Haddad havia dito que os gastos deste ano já estão contratados no Orçamento e pediu aos colegas cuidado para que não sejam feitas novas despesas, sob pena de corte”, escreve o Estadão.

Por Magno Martins

Compartilhe:

Deixe um comentário