banner5

Assaltos a ônibus voltam a crescer no Grande Recife em maio.

Somente entre janeiro e maio deste ano, 190 assaltos a ônibus foram somados pela polícia no Grande Recife
Somente entre janeiro e maio deste ano, 190 assaltos a ônibus foram somados pela polícia no Grande Recife – GUGA MATOS/JC IMAGEM

Aumento ocorreu sobretudo na capital pernambucana, que registrou maior quantidade de abordagens criminosas desde novembro de 2023. Em um dos casos, um estudante foi morto a facadas.

A insegurança no transporte coletivo – tão denunciada por passageiros e motoristas – pode ser traduzida nos números. De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), o mês de maio voltou a registrar aumento dos assaltos aos ônibus que circulam no Grande Recife.

Ao todo, 45 abordagens criminosas foram registradas – inclusive ao menos duas delas resultaram em mortes. O aumento foi de 12,5% em relação ao mesmo período período do ano passado, quando 40 ocorrências foram contabilizadas pela polícia.

O que chamou mais atenção foram os registros na capital pernambucana. Somente em maio, 30 queixas foram somadas (75% do total no Estado). No mesmo período de 2023, foram 21. Além disso, o resultado foi o pior desde novembro, quando 44 ocorrências foram registradas.

Dois crimes chocaram a sociedade pela extrema violência com que os criminosos agiram no transporte público. Na noite de 1º de maio, o estudante Gean Carlos Lopes Júnior, de 20 anos, foi esfaqueado após reagir a um assalto a um ônibus BRT da linha 2450 – Camaragibe/Conde da Boa Vista, no cruzamento das avenidas Guararapes e Dantas Barreto, no bairro de Santo Antônio, área central do Recife.

A Polícia Civil diz que um suspeito foi identificado e preso, mas ainda faltam mais dois. Detalhes, até agora, não foram informados pelos investigadores.

Acervo pessoal

Gean Carlos Lopes Júnior estudava na Universidade Federal Rural de Pernambuco e trabalhava como operador de caixa – Acervo pessoal

Gean Carlos era estudante do quarto período de ciências do consumo na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), além de militante da União da Juventude Socialista e colaborador do Circuito Universitário de Cultura e Arte de Pernambuco (CUCA-PE). Também trabalhava como operador de caixa em uma casa de show para conseguir viver no Recife.

Já na noite de 9 de maio, seis assaltantes entraram em um ônibus BRT da linha TI Camaragibe/Conde da Boa Vista, na Avenida Guararapes, área central do Recife, e anunciaram um assalto. Na altura da Avenida Caxangá, um passageiro reagiu e esfaqueou um suspeito até a morte.

Segundo a Polícia Militar, outro suspeito tentou fugir, se acidentou e sofreu traumatismo craniano. Os depois criminosos foram pegos por populares e espancados. Depois foram presos.

Além dos 30 assaltos registrados no Recife em maio, a polícia somou mais seis em Jaboatão dos Guararapes, cinco em Paulista, dois em Olinda, um no Cabo de Santo Agostinho e um em Ipojuca.

ACUMULADO DO ANO

No acumulado do ano, de janeiro a maio, 190 assaltos a ônibus foram registrados no Grande Recife. Importante destacar que, ao longo de 2023, 595 ocorrências foram somadas. Aumento de 32,8% em relação a 2022.

OPERAÇÃO NO TRANSPORTE PÚBLICO

Em meio ao aumento da violência nos coletivos, a Polícia Militar mantém a Operação Transporte Seguro, que, a partir de dados estatísticos, monta pontos de bloqueio nas áreas mais sensíveis de todos os corredores da Região Metropolitana.

Segundo a PM, a operação acontece todos os dias, com o efetivo dos 12 batalhões da região e apoio de unidades especializadas. Além disso, por meio de convênio com o Grande Recife Consórcio, equipes a pé patrulham as estações de BRT.

Por: JC.

Compartilhe:

Deixe um comentário