banner5

Afogados da Ingazeira foi vanguardista em filmes pornôs no Sertão .

 

O saudoso cine Bom Jesus.

Afogados da Ingazeira, solo sagrado da minha nascença, é vanguardista na radiofonia no Sertão. Pioneira nas ondas do rádio AM em terras euclidianas, a Rádio Pajeú rompeu o isolamento imposto pelos grandes centros urbanos aos que pagaram o preço caro da discriminação por ter vindo ao mundo em plagas tão distantes. Botou música e notícia no rádio a partir de 4 de outubro de 1959 pelo bispo vanguardista Dom Mota.

Minha cidade é amostrada, como diz o matuto. Também saiu na frente na abertura das cortinas da sétima arte. Fundado em 23 de novembro de 1942, pelo comerciante Helvécio Lima, o Cine São José tem 82 anos. Na época a cidade sequer contava com uma rede elétrica. Seu Helvécio inovou: comprou um gerador próprio para garantir as sessões em dias de feira.

Na década seguinte, o cinema foi vendido à Diocese Bom Senhor Jesus dos Remédios, representação da Igreja Católica no Sertão do Pajeú. Administrado pela igreja e por alguns arrendatários, não resistiu ao modismo da TV e chegou a fechar. Deteriorado, seu prédio ficou em ruínas, mantendo apenas a estrutura das paredes externas.

A partir de 1994, através de um movimento liderado pelo meu irmão Augusto Martins, hoje secretário de Cultura do município, o cinema renasceu, com um projeto cujas obras preservaram sua fachada original. A reinauguração se deu em 2003. Até hoje o cinema está vivinho e, de vez em quando, vou lá pegar uma telinha para matar a saudade dos velhos tempos de Tarzan e os cowboys americanos.

Afogados da Ingazeira também foi vanguardista na introdução do cinema pornô. Olavo Vitorino Moura, apelidado de Olavo Corró, baixinho, metido a cavalo do cão, enfrentou o conservadorismo da sociedade afogadense e abriu um cinema para concorrer com o cine São José.

Mas só exibia filmes para maiores de 21 anos explorando o sexo em toda sua plenitude. Menores como eu e meu irmão Marcelo, parelha de infância e adolescência em Afogados da Ingazeira, subíamos no telhado das casas vizinhas para curiar os filmes pornôs.

Olavo foi um revolucionário. Passou por cima de todas as regras da lei do conservadorismo de uma sociedade feudal com seu cinema pornográfico, que visava exclusivamente o estímulo da sexualidade humana. Foi discriminado, perseguido, xingado e apontado como pornográfico, um fora da lei.

Por vezes, os telespectadores atraídos para os filmes pornôs de Olavo Corró chegavam a se masturbar ou até mesmo a praticar sexo dentro da sala de exibição. Olavo pagou um preço caro. Quando isso se espalhou na cidade, seu cinema foi censurado e fechado.

Olavo, coitado, queria apenas ser diferente. Os filmes pornográficos existem desde a época do cinema mudo, e eram usualmente rodados em bordéis. Em 1970, nos Estados Unidos, o cinema pornô ganhou forte impulso, graças à eliminação do Código das Produções e à instituição da classificação de filmes por faixa etária, deixando de ser um produto do submundo criminal e se constituindo numa indústria publicamente instalada.

Passaram a ser exibidos em cinemas próprios, conhecidos por “Salas Especiais”. Nessa época, alguns filmes entraram para a história, como Garganta Profunda (ou “Garganta Funda”, como ficou conhecido em Portugal), O Garanhão Italiano, Atrás da Porta Verde e O Diabo na Carne de Miss Jones, que foi uma superprodução para a época.

Olavo, ainda lembro, fez grande sucesso com o Garganta Profunda!

Do Blog do Magno Marins.

Caio Marques de Carvalho: Uma criança além do tempo.

O Blog de Frente com Ana Maria e o Canal De Frente com Ana Maria, parabenizam a todos os alunos de um grande colégio na cidade do Recife, que ora participam de uma conferência de simulação de organizações internacionais entre elas, a ONU na cidade de Brasília, onde estam debatendo vários temas.

Entre eles, Os Direitos dos Prisioneiros de Guerra, esse tema foi debatido na escola em que caio estuda. A temática debatida no MIB em brasília na etapa final do campeonato nacional de simulções é a seguinte: Tema: O Desenvolvimento da Tecnologia Espacial e a exploração do Espaço.

O MIB Final, é a etapa final do campeonato nacional de simulações. Destinado aos alunos do sexto ano do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio, e está sediada no hotel Royal Tulip Brasília Alvorada. A conferência proporciona uma experiência única aos aos participantes. Simulando o funcionamento de organismos internacionais como a Organização das Nações Unidas e Nacionais como a câmara dos deputados, os delegados se reúnem de modo a promoverem a resolução de problemática contemporânea ou histórica de relevancia mundial.

Na simulação das organizações internacionais em Brasília, estão os melhores delegados de cada estado. Nessa simulação do G8 será escolhido o primeiro colocado que irá simular nos Estados Unidos na Universidade de Harvard com tudo pago. Amanhã sairá o resultado dos que foram eleitos para o G8. E Caio está lá concorrendo a esse grande pleito.

Caio é filho da enfermeira afogadense  Kássia Marque, residente na cidade do Recife. Caio tem apenas onze anos de idade e já se destaca na escola e por onde passa, com o seu jeito desenvolto, pois o mesmo se sente a vontade em mostrar suas opiniões em público. sabe se movimentar durante as suas apresentações, sendo desembaraçado ao desenvolver suas idéias ao vivo nos palcos por onde já passou.

Caio quando morou em Afogados foi aluno do colégio D. Elder Camâra, onde já mostrava suas habilidades de apresentações em público. Com apenas onze anos de idade Caio faz sua primeira viagem sozinho, sem a companhia dos pais, porém, acompanhado por uma equipe competente e muito responsável.

Todos os alunos selecionados para ir a Brasília, estão sob a resposabilidade da equipe do educancandário. preservamos aqui o nome da escola para maior segurança das crianças. Caio Marques é uma criança sonhadora e não teme desafios, um dos seus sonhos é se tornar um grande cientista.

Deixamos aqui os nossos aplausos para Caio e todas as crianças que foram selecionadas para esse grande evento em Brasília, participar de um evento desse quilates com apenas onze anos de idade, não é pra qualquer um, é mesmo para quem sonha alto e já começa a correr atrás de seus sonhos logo cedo.

Caio você nos enche de orgulho, estamos aqui na cidade de Afogados da ingazeira na grande torcida da sua vitória. voa Caio que o mundo é todo seu e te espera de braços abertos. E Que você um dia possa contribuir com o desenvolvimento e a multiplicação das  coisas boas que o mundo tenha a nos oferecer. Que você seja mesmo um grande cientista. Que Deus abençôe a sua trajetória de vida.

Parabéns Caio Marques de Carvalho.

Um toque de saudade com Naldinho Rodrigues

Os nossos ídolos das décadas 1970/80 continuam seguindo a viagem sem volta. No último mês, perdemos mais um; José Carlos Gonzales. O famoso Dave Maclean. Um cantor e compositor brasileiro, cujo repertório cantado em inglês fez muito sucesso nos anos 70. Filho de espanhol, já aos cinco anos de idade, Dave se interessou em cantar e tocar. Em 1969, fundou no Aba Paulista, na grande São Paulo, um conjunto de bailes Chamado “Os Botões”, Que Posteriormente Passou A Se Chamar “The Bottons”.

Em 1973, Dave recebeu uma proposta para gravar em inglês, topou a parada e se tornou muito popular no Brasil. Dave Maclean emplacou vários hits como “Me And You” que ocupou o primeiro lugar em todas as emissoras pelo Brasil. Em 1974, foi a vez do estrondoso sucesso “We Said Goodbye”, chegando a receber o disco de ouro no México e no Brasil.

Dave conseguiu um notável feito de colocar na parada de sucessos quatro músicas entre as dez primeiras. O cantor também teve reconhecimento em países como Filipinas, Equador, Panamá, Portugal, Estados Unidos, Espanha, França e Inglaterra. Em 1980, a febre dos cantores brasileiros gravando em inglês esfriado, Dave convida os irmãos Munhoz para formarem o Trio Dollar Company, que permaneceu por mais de 15 anos. em 1966, Dave tomou um novo rumo à sua carreira musical, e montou uma nova banda “Montana Country”, aproveitando uma nova onda de modernização da música country americana.

Como compositor de música sertaneja, seus trabalhos em português foram divulgados por artistas como Gian e Giovane, Sergio Reis, Sula Miranda, Sandy e Júnior, Nalva Aguiar, entre outros. Dave Maclean também participou das gravações de outros artistas expoentes da música brasileira, tais como: Zezé Di Camargo e Luciano, Leandro e Leonardo, Edson e Hudson, Amado Batista, Joana, Sergio Reis, Willie Nelson , Duduca e Dalvan, Marlon e Maycon.

A partir de 2010, Dave fazia apresentações com a música pop, cantando canções de Bee Gees, Elton John, Johnnt Rivers e Beatles. Se apresentou também no show “Hits Again”, interpretando seus antigos sucessos e de seus contemporâneos da melhor fase, nos anos 1970, como Paul Denver, Steve Maclean, Pholhas, entre outros.

O artista sofreu durante três anos tratando de um câncer no intestino. O cantor, nas últimas semanas com vida, acelerou o tratamento, mas teve uma piora, e exames apontaram que o câncer já estava em metástase, atingindo outros órgãos.

José Carlos Gonzales, o internacional brasileiro, nasceu no dia 29 de setembro de 1944 em São Paulo e faleceu em 17 de junho de 2023. Dave Maclean nos deixou aos 79 anos incompletos.

Para relembrar um dos maiores ídolos brasileiros da década de 1970, mesmo cantando música internacional, a nossa sugestão não poderia ser outra, se não, o seu maior e inesquecível sucesso: WE SAID GOODBYE…

Por Afogados fm

De empregada doméstica a líder política e influenciadora: a história inspiradora de Ana Maria

repare-se para uma história de superação incrível no próximo episódio do podcast “Conectados com Evanndro Lira”. Convidamos Ana Maria, uma mulher que superou as adversidades de uma infância paupérrima em Afogados da Ingazeira para se tornar uma líder política influente e uma Youtuber de sucesso.
Filha de mãe extremamente pobre e sem conhecer o pai, Ana começou a trabalhar com apenas 8 anos de idade. De empregada doméstica a vendedora ambulante, Ana nunca se deixou vencer pelas dificuldades. Em 1992 e 1996, contrariou todas as expectativas e foi eleita vereadora, tornando-se a primeira mulher presidente da câmara de vereadores de Afogados.
Hoje, ela compartilha sua sabedoria e experiência em seu canal no YouTube, “De Frente com Ana Maria”. Embarque conosco nesta jornada de resistência, luta e superação. Venha conhecer a vida de Ana Maria, uma mulher que transformou o trabalho árduo e a resiliência em ferramentas de mudança e progresso.
Assista na fanpage Conectados com Evanndro Lira e no canal da TV Samburá no YouTube. (https://www.youtube.com/watch?v=Ix_IcNVqSdU) ( https://www.facebook.com/events/1321893261741385) E não se esqueça de visitar e se inscrever no canal De Frente com Ana Maria para mais conteúdo inspirador. Não perca!

 

Quinta Cultural deste mês será Gospel

O tradicional projeto “quinta cultural”, coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura, chega à edição deste mês de Abril reunindo o público evangélico, em uma noite gospel de louvor e adoração. Com o tema “Celebrai a Cristo”, o evento conta com as presenças já confirmadas das Igrejas Presbiteriana, 1a Igreja Batista, Verbo da Vida e Batista Vida Plena. O evento será na próxima quinta (27), a partir das 19h, na Praça Padre Carlos Cottart, próximo à Prefeitura de Afogados. Os organizadores pedem que quem for ao evento, se puder, leve 01 kg de alimento não perecível. Os alimentos arrecadados serão doados à secretaria municipal de assistência social, para distribuição junto a famílias em situação de insegurança alimentar no município.

Cantor Zé Neto é processado por marido traído de fã; Saiba detalhes

Zé Neto contou durante seu show no Rodeio de Mirassol, no interior de São Paulo, que está sendo processado pelo marido de uma fã.

O processo aconteceu pois Zé Neto disse que chamou a fã no palco e ela contou que tinha traído o marido. O cantor, então, brincou e chamou o homem de corno.

Algum tempo depois, o sertanejo disse que recebeu a intimação do processo e ficou surpreso.

“Vou falar para a juíza que além de corno ele é fofoqueiro”, disse aos risos ao lado de Cristiano. (Metrópoles)

Pense num amor: Homem viaja 160 km sem perceber que havia esquecido a esposa

Durante uma viagem de carro pelo interior da Tailândia, Boontom Chaimoon, de 55 anos, e sua esposa, Amnuay, de 49, passaram por uma situação inusitada quando eles resolveram parar à beira da estrada para fazer xixi.

O homem urinou ao lado do veículo, mas a esposa entrou no meio da mata para não ficar exposta, apesar do horário ser às 3h da manhã.

Assim que terminou, o marido entrou no carro e seguiu viagem, só percebendo a ausência da esposa depois de percorrer 160 quilômetros. Ele alegou que demorou a notar porque a mulher passou a viagem inteira deitada no banco traseiro, o que fez com que ele pensasse que a Amnuay estivesse ali.

Ao perceber que o marido havia seguido viagem, Amnuay andou 20 quilômetros para pedir ajuda. O marido foi alertado por policiais cerca de cinco horas depois do acontecido e voltou para buscar a mulher, com quem está casado há 27 anos, conforme o site “Times Now”.

O caso, ocorrido no final do ano passado, repercurtiu nas redes sociais recentemente.

Fonte: Estado de Minas

Idoso passa mal durante tentativa de relação sexual em cabaré de Patos/PB

Populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) após um idoso de 65 anos passar mal enquanto estava tentando manter relações sexuais com uma garota de programa.

O fato aconteceu na Travessa Dom Pedro II, por trás do Moinho Patoense, no centro de Patos, no Sertão da Paraíba. Na localidade, ainda conhecida por Baixo Meretrício, o idoso teve um problema na coluna quando se despia para começar o ato sexual.

Sem conseguir se mover e sentindo fortes dores, o idoso foi resgatado e medicado ainda na ambulância do SAMU.

Após os procedimentos, o paciente precisou ser levado até o Hospital Regional de Patos.

Amigos comunicaram o fato à família do idoso.

Por Afogados FM

A importância de Reconhecer e Valorizar as Raízes Nordestinas e o Trabalho de Personalidades Locais

Recebi agora há pouco esse vídeo. Quem mandou? Meu amigo, o cantor João Lacerda, filho do inesquecível Genival Lacerda. Em um encontro com outro amigo meu, o jornalista Magno Martins, eles trataram da biografia do cantor Genival Lacerda, que será intitulada “DE GENIVAL LACERDA O REI DA MUNGANGA”, escrita por Magno Martins e outro colega jornalista.

Conversa vai, conversa vem, e eles se lembraram de mim. Isso me deixa feliz e lisonjeada, pois devemos ser lembrados enquanto a vida vivermos, até para podermos agradecer. E é isso que faço agora: obrigada, João Lacerda, obrigada, Magno Martins, por se lembrarem de mim. Vocês dois moram no meu coração. Grande abraço.

Quero deixar aqui uma observação: o jornalista Magno Martins é um dos filhos mais ilustres que Afogados da Ingazeira, em Pernambuco, tem o prazer de ter como filho. Se todo o povo de Afogados da Ingazeira aprendeu dar valor às coisas boas da terra, parte desses valores precisam e devem ser destinados à pessoa de Magno. Sabe por quê? Porque ele não só ama Afogados da Ingazeira, como ama o seu povo e eleva o nome da cidade por onde quer que esteja neste Brasil afora e também fora do país. Se alguém lhe perguntar a sua naturalidade, ele não vai negar suas raízes nordestinas do Pajeú das Flores, em especial Afogados da Ingazeira, no interior pernambucano.

O canal “DE FRENTE COM ANA MARIA” e o blog “Sertão em Movimento” deixam aqui o esboço de uma sertaneja, que em suas simples palavras se orgulha de ter você como conterrâneo. Dizem que santo de casa não faz milagres, mas eu digo aqui: Viva Afogados da Ingazeira, viva o jornalista MAGNO MARTINS, nosso orgulho.