banner5

‘Se eu falar que não tenho medo, é loucura’, diz serratalhadense que viu chuva de mísseis em Israel


O pernambucano Kaleb Bensaud Bensossan, de 51 anos, disse que nunca viu um bombardeio tão grande na região quanto os ataques com mísseis e drones do Irã. Ele mora há cerca de 10 anos em Berseba, cidade ao sul de Israel.

“A sirene [que avisa quando há bombardeios] tocou por duas vezes. E cada uma delas por mais de 10 minutos”, contou Kaleb. “Durante o tempo todo, [eu vi] uma chuva de míssil.”

O ataque aconteceu em resposta à destruição do consulado iraniano na Síria, no início do mês. Os mísseis foram lançados e interceptados na noite de sábado (13) e na madrugada deste domingo (14). Durante o período, Bensossan e a família se esconderam em um quarto antibombas.

O abrigo, de nove andares, é construído com aço e concreto para resistir a eventuais explosões. E, apesar de um dos mísseis ter atingido uma região próxima ao local, o edifício não foi atingido.

“[De todo modo], se eu for falar que não tenho medo, é loucura […] É igual estar num trem com todo mundo ali, seu destino final é o mesmo”, afirmou.

Na manhã deste domingo (14), apesar do medo, Kaleb disse que a cidade em que vive está “70% dentro da normalidade”. Ele foi trabalhar presencialmente, mas vários colegas preferiram ficar em casa. O pernambucano é formado em direito e funcionário de uma empresa de tecnologia.

Ele foi para o país por questões religiosas, depois de ter presidido um centro judaico em Rondônia, onde trabalhava como concursado do Ministério Público estadual.

Kaleb afirmou também que sua maior preocupação é pelos filhos. Dois deles, Ester, de 18 anos, e Samuel, de 15, vivem com ele em Berseba, mas a filha mais velha, Rebeca, de 21 anos, trabalha como policial de fronteira na Cisjordânia, território árabe a leste de Israel.

“Temo pela segurança dela, claro que a pessoa se preocupa. Se ela fosse uma policial militar trabalhando no Rio de Janeiro, eu também ia me sentir preocupado. Mas não exatamente por ela estar na Cisjordânia. A Cisjordânia, pra nós, é a Judeia e a Samaria”, disse.

O pernambucano afirmou que confia na capacidade da defesa área israelense e no apoio tático de potências do ocidente como Estados Unidos e Reino Unido. Por isso, afirma que não deseja voltar ao Brasil, mesmo após a escalada do conflito.

Do G1

Veja ao vivo o eclipse solar de hoje, 8 de abril, e saiba quando será o próximo visível no Brasil.

 (Foto: IVAN PISARENKO, PABLO COZZAGLIO, ELENA BOFFETTA / AFPTV / AFP)
Foto: IVAN PISARENKO, PABLO COZZAGLIO, ELENA BOFFETTA / AFPTV / AFP

Saiba como ver o eclipse solar e quando será o próximo eclipse visto no Brasil.

Nesta segunda-feira (8), acontece um eclipse solar total. Diferente do fenômeno, que foi visto do Brasil em outubro de 2023, desta vez os brasileiros só poderão observar o eclipse através da internet.

O eclipse total desta segunda poderá ser visto da América do Norte, no Canadá, Estados Unidos e México. O evento poderá ser observado parcialmente em quase toda América Central e parte da Europa Ocidental. A América do Sul não está na trajetória do Eclipse, portanto, o Brasil não terá visão do fenômeno.

Quando será o próximo eclipse visto no Brasil

Os próximos eclipses solares parciais visíveis no Brasil acontecerão em 6 de fevereiro de 2027, 26 de janeiro de 2028 e 20 de março de 2034. Porém, o eclipse solar total só será visto pelos brasileiros em 12 de agosto de 2045. Depois desse, o próximo eclipse total visível no Brasil ocorrerá em 2125.

Em abril deste ano, o planeta ainda testemunhará no dia 8 a Super Lua Nova; e uma chuva de meteoros que deve atingir o pico entre 21 e 22 de abril, dependendo da localização do observador.

De acordo com a Dra. Josina Nascimento, astrônoma do Observatório Nacional – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (ON/MCTI) – os eclipses da Lua ocorrem quando a Lua entra na sombra da Terra. Sol, Terra e Lua estão alinhados ou quase alinhados, nessa ordem.

“Uma diferença bem interessante entre o eclipse da lua e do eclipse do sol é a seguinte: eclipse da Lua é visível para quem está vendo a Lua e o eclipse do Sol é visível somente em uma região da Terra”, afirma Josina.

Hora do eclipse solar neste 8 de abril

Um eclipse total ocorre quando a Lua passa entre a Terra e o Sol, bloqueando completamente a luz solar e projetando uma sombra sobre o planeta.

Segundo o site de astronomia Time and Date, o eclipse solar total deste ano começará às 12h42, atingirá o máximo às 15h17 e terminará às 17h52 (horário de Brasília).

Tendo em vista que a próxima vez que o Brasil poderá presenciar um eclipse será apenas em agosto de 2045, o Observatório Nacional (ON), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, fará uma transmissão ao vivo, com início às 12h30 (horário de Brasília), no Youtube.

Assista ao Eclipse solar total ao vivo

Por: Igor Fonseca / da Agência Brasil.

 

 

Ativista Greta Thunberg é presa durante protesto nos Países Baixos.

Greta Thunberg sendo presa na Alemanha
Greta Thunberg sendo presa na Alemanha – Reprodução / Twtitter

Thunberg e outros manifestantes do grupo ecologista Extinction Rebellion foram vistos sentados em um ônibus, enquanto a polícia realizava mais prisões, disse um correspondente da AFP.

A ativista climática Greta Thunberg foi presa pela polícia neerlandesa neste sábado (6) durante um protesto em Haia contra os subsídios aos combustíveis fósseis.

Thunberg e outros manifestantes do grupo ecologista Extinction Rebellion foram vistos sentados em um ônibus, enquanto a polícia realizava mais prisões, disse um correspondente da AFP.

Antes, Thunberg havia se unido a diversos manifestantes que caminharam do centro de Haia até um campo situado ao lado da autoestrada A12 que sai da cidade.

Dezenas de agentes da polícia, alguns deles a cavalo, impediram que o grupo invadisse a estrada.

Portando bandeiras XR e cartazes onde se lia “Parem agora com os subsídios aos combustíveis!” e “O planeta está morrendo!”, os manifestantes se envolveram em um tenso confronto com a polícia, que formou um muro humano.

Alguns manifestantes encontraram outra rota e bloquearam outra via próxima à autoestrada, que conecta a cidade costeira de Haia à Utrecht.

“É importante se manifestar hoje, porque vivemos em um estado de emergência planetária”, declarou Thunberg à AFP antes de sua prisão.

“Devemos fazer todo o possível para evitar essa crise e salvar vidas”, acrescentou.

Thunberg ganhou notoriedade mundial com suas “greves escolares pelo clima”, que começaram quando tinha 15 anos.

Por: JC.

Vídeo registra enfermeiras protegendo bebês durante terremoto em Taiwan.

Profissionais tentaram reduzir os impactos causados pelos tremores no prédio (foto: Reprodução/Redes sociais )
Profissionais tentaram reduzir os impactos causados pelos tremores no prédio (foto: Reprodução/Redes sociais )
Ação das enfermeiras aconteceu no litoral leste de Taiwan, atingido por um terremoto, de magnitude que varia de 7,2 a 7,4 na Escala Richter.

Imagens de câmeras de segurança de um hospital registraram o momento em que um grupo de enfermeiras segura diversas incubadoras para proteger recém-nascidos durante o terremoto que atingiu o litoral leste de Taiwan, nessa quarta-feira (03).

Os tremores de terra deixaram, até o momento, nove mortos e mais de mil feridos. O terremoto registrou magnitude de 7,2 na Escala Richter, de acordo com a agência de monitoramento de terremotos taiwanesa. Já o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) informou que o fenômeno teve magnitude de 7,4.

 

Ponte cai em Baltimore depois de ser atingida por navio

Um porta-contêiners bateu em um dos pilares da Ponte de Baltimore (Crédito: MARK WILSON / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)
Um porta-contêiners bateu em um dos pilares da Ponte de Baltimore (Crédito: MARK WILSON / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)

O navio que atingiu a ponte, era um navio de carga

Uma ponte da cidade de Baltimore, na costa leste dos Estados Unidos, desabou nesta terça-feira depois de ser atingida por um navio, o que provocou a queda de até 20 pessoas e vários veículos na água.

A Autoridade de Transporte do estado de Maryland (MTA) informou que uma embarcação de carga colidiu contra a ponte.

Segundo as imagens registradas pelas câmeras de segurança, um porta-contêineres bateu em um pilar da ponte Francis Scott Key, o que provocou a queda de grande parte da estrutura de aço no rio Palapsco.

Também é possível observar luzes, aparentemente de veículos, na ponte antes da deformação da estrutura e do desmoronamento.

“Sabemos que até 20 pessoas podem estar no rio Patapsco neste momento, assim como vários veículos”, disse Kevin Cartwright, do Departamento de Bombeiros de Baltimore, ao canal CNN.

“Acreditamos que veículos e possivelmente um semirreboque caíram na água”, disse Cartwight ao jornal Baltimore Sun. “A ponte inteira desabou”, afirmou.

 

“REZEM PELOS AFETADOS” 

Uma fonte da polícia de Baltimore já havia declarado ao canal NBC que provavelmente algumas pessoas estavam no rio.

“Posso confirmar que 1h35 (2h35 de Brasília), a polícia da cidade de Baltimore recebeu o alerta de um colapso parcial da ponte Francis Scott Key e que possivelmente há trabalhadores na água”, afirmou a porta-voz Niki Fennoy.

A ponte, de quatro pistas e 2,6 quilômetros de comprimento, atravessa o rio Patapsco, ao sudoeste de Baltimore, uma cidade industrial e portuária na costa atlântica dos Estados Unidos.

A estrutura integra uma rodovia que liga esta cidade à capital, Washington.

O site de monitoramento marítimo MarineTraffic informou que um navio de contêineres com bandeira de Singapura, chamado “Dali”, parou sob a ponte na madrugada de terça-feira.

O prefeito de Baltimore, Brandon Scott, e o secretário do condado de Baltimore, Johnny Olszewski Jr, afirmaram que as autoridades iniciaram os trabalhos de resgate.

“Rezem pelos afetados”, pediu Olszewski na rede social X.

Por: AFP

Israel declara Lula “persona non grata” após comparação com Holocausto

Lula discursa no Egito
Reprodução/YouTube

“Não perdoaremos nem esqueceremos”, disse o chanceler Israel Katz, após fala de Lula que comparou a guerra na Faixa de Gaza ao Holocausto

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, afirmou nesta segunda-feira (19/2) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é “persona non grata” no país até que faça retratações. A declaração do diplomata repercutiu, mais uma vez, a fala do presidente da República no domingo (18/2), quando o mandatário comparou o desastre humanitário em Gaza ao Holocausto.

“Não perdoaremos nem esqueceremos. Em meu nome e em nome dos cidadãos de Israel, informei ao presidente Lula que ele é ‘persona non grata’ em Israel até que ele peça desculpas e se retrate de suas palavras”, afirmou o diplomata em publicação no X — antigo Twitter.

A fala do presidente Lula abriu uma crise diplomática entre os dois países. Além do posicionamento público, o governo de Israel mudou o protocolo para encontros com diplomatas e representantes de nações estrangeiras.

A reunião com o embaixador do Brasil em Israel foi marcada no museu do Holocausto, em Jerusalém. Normalmente, o encontro aconteceria no Ministério das Relações Exteriores.

Israel havia convocado embaixador brasileiro para reprimenda

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, fez um forte pronunciamento contra as palavras de Lula e avisou ter chamado o embaixador brasileiro no país para uma reunião. Depois Katz detalhou que fará uma reprimenda a Daniel Zohar Zonshine (foto principal) nesta segunda-feira (19/2), no Museu do Holocausto Yad Vashem.

O próprio diretor do Museu do Holocausto, Dani Dayan, criticou duramente Lula. “Comparar um país que luta contra uma organização terrorista e assassina com as ações dos nazistas no Holocausto é digno de toda condenação. É triste que o presidente do Brasil tenha descido a tal nível de distorção extrema do Holocausto”, afirmou Dayan.

Leia mais

Rei Charles é diagnosticado com câncer, afirma Palácio de Buckingham

Rei Charles III em mensagem de Natal
Rei Charles III em mensagem de Natal – Foto: Jonathan Brady/ POOL/AFP

Não há detalhes sobre o estágio ou prognósticos sobre a doença

O rei Charles III, de 75 anos, está com câncer, informou nesta segunda-feira (5), o Palácio de Buckingham. O tipo de tumor não é na próstata, mas segundo a BBC, foi descoberto enquanto o monarca britânico passava por um tratamento no local.

O tipo do tumor não foi revelado. Não há detalhes sobre o estágio ou prognósticos sobre a doença.

Ainda de acordo com o Palácio, o tratamento começou na segunda-feira. O rei, diz a nota da Casa Real, está otimista com o tratamento e pretende retomar suas funções em breve. Nesse ínterim, outros membros da família real, entre eles o príncipe William, herdeiro do trono, devem substituí-lo. O rei manterá suas funções de chefe de Estado.

A última aparição pública de Charles III foi registrada no domingo, quando ele foi à missa em Sandringham. Na ocasião, ele acenou para os súditos.

Em janeiro ele passou por uma cirurgia para tratar um inchaço na próstata que, segundo os médicos, era benigno.

Na ocasião, o monarca disse que decidiu tornar o problema público como modo de incentivar que homens busquem tratamento. Ele também declarou ter ficado contente com o aumento de buscas por diagnósticos da doença no Reino Unido.

Charles III foi coroado em maio, oito meses após a morte da mãe, a rainha Elizabeth II, que permaneceu mais de sete décadas no trono.

Do Estadão

Neuralink: 1º implante do chip em cérebro humano é anunciado por Elon Musk

Musk cunhou o seu chip de  %u201CTelepathy%u201D (Telepatia) (Crédito: Reprodução
)
Musk cunhou o seu chip de %u201CTelepathy%u201D (Telepatia) (Crédito: Reprodução )

Segundo o empresário, o objetivo é conseguir que humanos controlem dispositivos eletrônicos apenas com o pensamento

O empresário bilionário Elon Musk anunciou por meio de uma rede social que sua empresa Neuralink realizou o primeiro implante de chip cerebral em um paciente humano. A informação foi compartilhada nesta segunda-feira (29/1), mas o procedimento teria acontecido no domingo (28/1).

De acordo com Musk, o paciente se recupera bem. Segundo o empresário, o objetivo é que o dispositivo permita que humanos controlem eletrônicos, como computadores e celulares, apenas com o pensamento, e os resultados iniciais mostram detecção promissora de picos de neurônios.

“Os primeiros usuários serão aqueles que perderam o uso dos membros. Imagine se Stephen Hawking pudesse se comunicar mais rápido do que um digitador rápido ou um leiloeiro. Esse é o objetivo”, afirmou.

Confira a reportagem completa no Metrópoles.

Por: Metrópoles

Estados Unidos executam prisioneiro por asfixia com nitrogênio

Kenneth Eugene Smith (crédito: Divulgação/Alabama Department of Correction
)
Kenneth Eugene Smith (crédito: Divulgação/Alabama Department of Correction )

Kenneth Smith tornou-se a primeira pessoa a ser executada por meio de asfixia por gás nitrogênio nos Estados Unidos

O Alabama, nos Estados Unidos, executou pela primeira vez, na história, um prisioneiro por asfixia com nitrogênio. Condenado a morte por assassinar uma mulher a mando de um pastor, Kenneth Smith, 58 anos, foi executado nesta quinta-feira (25/1).

Agentes penitenciários colocaram uma máscara no rosto de Smith para que ele inalasse nitrogênio, o que resultou em morte por falta de oxigênio. O prisioneiro tentou resistir, prendendo a respiração o máximo que pôde, mas ficou inconsciente e morreu minutos depois. Smith tornou-se a primeira pessoa a ser executada por meio de asfixia por gás nitrogênio, nos Estados Unidos. O método é autorizado no Alabama desde 2018, mas nunca tinha sido usado.

Kenneth Smith foi condenado em 1989 pelo assassinato da esposa de um pastor, que foi esfaqueada e espancada em um crime encomendado pelo valor de US$ 1 mil. O preso é um dos únicos detentores da história dos EUA a ser levado mais de uma vez para a pena de morte.

Em novembro de 2022, a execução de Smith por injeção letal acabou sendo cancelada depois que os funcionários da prisão não conseguiram colocar uma linha intravenosa nas veias dele, tornando essa a terceira tentativa fracassada de injeção letal no Alabama.

O Escritório do Alto Comissário da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos (OHCHR, na sigla em inglês) expressou que estava “alarmado” com o procedimento utilizando um método “incipiente e não comprovado”.  “Isto poderia constituir tortura e outros tratamentos cruéis ou degradantes, segundo o direito internacional”, alertou a porta-voz Ravina Shamdasani.

As informações são do Correio Braziliense.

Por: Correio Braziliense

Cinema obriga mãe a pagar ingresso inteiro por entrada do filho de 40 dias.

A mãe também foi julgada pelo estabelecimento. Segundo o responsável, ela "não deveria ter trazido uma criança tão pequena". (foto: Alessia Masaracchia/Arquivo pessoal)
A mãe também foi julgada pelo estabelecimento. Segundo o responsável, ela “não deveria ter trazido uma criança tão pequena”. (foto: Alessia Masaracchia/Arquivo pessoal)

Bebê, de apenas 40 dias, estava no colo da mãe e dormiu durante todo o filme. “Pensei que era piada”, disse a mulher.

Alessia Masaracchia, de 36 anos, foi ao cinema no sábado (20) com o filho Andrea, nascido em 11 de dezembro — e teve que pagar ingresso inteiro para o bebê, de 40 dias. O caso aconteceu em Stezzano, na Lombardia, província ao norte da Itália.

Quando Alessia chegou ao cinema, seus amigos a esperavam com quatro bilhetes. O bebê dormia calmamente no colo da mãe, pendurado no canguru com uma coberta. A funcionária do cinema perguntou para Alessia se ali havia um bebê, ao que ela respondeu que sim. “Então ele também deve pagar um bilhete”.

“Pensei que era piada”, disse a mãe ao jornal local Corriere della Sera. O cinema sequer considerou Andrea como meia entrada: a mãe foi obrigada a pagar o ingresso inteiro.

Ao pedir para falar com o responsável pelo estabelecimento, ele confirmou que ela teria que pagar o ingresso do bebê e ainda julgou a mãe. “(Ele) também estigmatizou o fato de eu estar ali, dizendo que eu não deveria ter trazido uma criança tão pequena. Se eu estivesse sozinha, tinha ido embora, mas como estava com amigos, fiquei”, completou Alessia.

A mulher escolheu uma fileira próxima da saída, caso o bebê acordasse, porém ele dormiu o filme todo em seu colo. A regra comum na Itália é que bebês não pagam, mesmo que ocupem um lugar no cinema ou em meios de transporte. No entanto, as regras podem mudar a depender do estabelecimento.

Confira as informações no Correio Braziliense.