banner5

“Olhe para o céu”, mandava pai que estuprou 4 filhas e engravidou uma na Paraíba.

Um homem foi preso em Mataraca, no Litoral Norte da Paraíba, sob a suspeita de estuprar quatro filhas, uma delas engravidando. De acordo com relatos familiares ao delegado Sylvio Rabello, antes de cometer os atos violentos, o homem ordenava que as vítimas olhassem para o céu.

As denúncias datam de 2022, quando a mãe das vítimas reportou os abusos à Polícia Civil. As vítimas, com idades entre 14 e 23 anos, foram alvo de investigação detalhada.

A adolescente de 13 anos engravidou e, ao ser questionada pela irmã mais velha, relatou o que acontecia. A irmã responsável pelas meninas também foi abusada pelo pai, mas não chegou a denunciar na época. Ao descobrir que os abusos se repetiram com as mais novas, inclusive com a gravidez de uma delas, a jovem procurou a delegacia de Mamanguape e as investigações começaram.

Informações da Polícia Civil indicam que foi solicitada a interrupção da gestação da adolescente de 13 anos. Um exame de DNA confirmou que o suspeito era realmente o genitor dessa gravidez.

As adolescentes estão no Rio Grande do Norte.

Após a conclusão do inquérito, o suspeito foi detido por mandado judicial e encaminhado para um presídio na região do Vale do Mamanguape. A operação envolveu profissionais da 7ª Delegacia Seccional, com sede em Mamanguape, e da Delegacia da Mulher.

Do Notícia ao Minuto

 

Médica é achada enterrada no quintal de casa no Rio de Janeiro.

Glaubenia Serpa Costa, de 53 anos, foi encontrada morta, enterrada no quintal de casa
Glaubenia Serpa Costa, de 53 anos, foi encontrada morta, enterrada no quintal de casa – REPRODUÇÃO

Segundo a polícia, motivação do crime teria relação com desentendimentos entre o principal suspeito e a vítima.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro localizou o corpo da médica endocrinologista Glaubenia Serpa Costa, de 53 anos, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos, nesta segunda-feira, 4. A mulher estava desaparecida desde o ano passado e foi encontrada enterrada no quintal da própria casa.

O corpo foi localizado após um funcionário da médica confessar o crime em depoimento e levar a polícia até o local onde havia escondido o corpo da vítima. O homicídio, segundo a polícia, ocorreu em julho de 2023 com golpes de faca, arma que foi entregue aos agentes. A motivação do crime teria relação com desentendimentos entre o principal suspeito e a vítima.

A investigação apontou que o funcionário da endocrinologista movimentou as redes sociais da vítima nos últimos meses buscando evitar desconfianças. A última postagem foi feita em dezembro, cinco meses depois da morte.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro localizou o corpo da médica endocrinologista Glaubenia Serpa Costa, de 53 anos, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos, nesta segunda-feira, 4. A mulher estava desaparecida desde o ano passado e foi encontrada enterrada no quintal da própria casa.

O corpo foi localizado após um funcionário da médica confessar o crime em depoimento e levar a polícia até o local onde havia escondido o corpo da vítima. O homicídio, segundo a polícia, ocorreu em julho de 2023 com golpes de faca, arma que foi entregue aos agentes. A motivação do crime teria relação com desentendimentos entre o principal suspeito e a vítima.

A investigação apontou que o funcionário da endocrinologista movimentou as redes sociais da vítima nos últimos meses buscando evitar desconfianças. A última postagem foi feita em dezembro, cinco meses depois da morte.

As publicações envolviam vídeos e fotos motivacionais que não mostravam a imagem de Glaubenia. A polícia também descobriu que o carro da mulher estava no nome do então funcionário – e o veículo foi apreendido.

FEMINICÍDIO

Glaubenia morava no Rio de Janeiro mas era natural do Ceará, a Polícia Civil investigava o desaparecimento da médica desde janeiro por um pedido do Ministério Público. O caso agora é tratado como feminicídio e ocultação de cadáver. A Polícia Civil ainda irá ouvir outras pessoas para dar seguimento ao inquérito.

Por: JC.

Homem que agrediu influenciadora em Goiás tem passagem por homicídio.

Momento em que a influenciadora Mycaela Parreira é vítima de importunação sexual por um homem, durante a gravação (Crédito: Reprodução/Instagram)
Momento em que a influenciadora Mycaela Parreira é vítima de importunação sexual por um homem, durante a gravação (Crédito: Reprodução/Instagram)
Segundo a polícia, o homem que agarrou a influenciadora durante uma gravação em Goiânia pode responder por importunação sexual.

O homem que foi filmado agarrando e beijando a influenciadora Mycaela Parreira, de 26 anos, enquanto ela gravava um vídeo publicitário, pode responder pelo crime de importunação sexual. O crime é punível com pena de 1 a 5 anos de reclusão.

De acordo com a Polícia Civil de Goiás, o suspeito já tem uma passagem por homicídio.

O caso aconteceu no último sábado (24/2), em Quirinópolis, no sudoeste goiano, enquanto a influencer produzia o conteúdo em uma rua movimentada, em frente a um estabelecimento comercial, quando foi agarrada por um homem desconhecido.

Confira a reportagem completa no Metrópoles.

Funcionária é estuprada dentro da Delegacia Sede do Guarujá; agressor foi preso em flagrante.

Delegacia do Guarujá, em São Paulo
Delegacia do Guarujá, em São Paulo – REPRODUÇÃO / GOOGLE MAPS

O agressor já teria ido ao local outras três vezes mas somente na terça-feira, 20, abordou a mulher com cartas de amor em mãos.

Uma mulher foi agredida e estuprada dentro da Delegacia Sede do Guarujá, no litoral de São Paulo. O agressor, um homem de 52 anos, foi preso em flagrante por policiais do DP que ouviram pedidos de socorro da vítima dentro de uma sala.

Segundo informações do portal de notícias G1, o agressor já teria ido ao local outras três vezes mas somente na terça-feira, 20, abordou a mulher com cartas de amor em mãos.

O homem teria prendido a vítima em uma sala e abusado sexualmente dela que tentou reagir ao crime entrando em luta corporal.

O caso foi registrado na própria Delegacia localizada na Avenida Puglisi, Centro do Guarujá, como estupro. O homem foi preso em flagrante e em seguida, encaminhado à cadeia pública da cidade.

Em nota a Secretaria de Segurança Pública afirmou que a vítima, uma mulher de 40 anos, é funcionária de serviços terceirizados no local. “Demais detalhes serão preservados devido à natureza da ocorrência” diz o comunicado.

Por: JC.

Bebê é jogado de carro em movimento pelo próprio pai em Porto Alegre.

A rua em que aconteceu o crime ficou com marcas das agressões (foto: RBS TV/Reprodução)
A rua em que aconteceu o crime ficou com marcas das agressões (foto: RBS TV/Reprodução)

Crime ocorreu durante discussão entre o homem e a esposa, mãe da criança. Ela sofreu traumatismo craniano tentando prestar socorro ao filho.

Um bebê de 11 meses foi jogado pela janela de um carro em movimento pelo próprio pai em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre (RS). O caso aconteceu na noite de quinta-feira (22) e o homem, de 45 anos, foi preso em flagrante pela Brigada Militar.

O homem arremessou a criança durante uma discussão entre ele e a esposa, mãe do bebê. A mulher, de 25 anos, foi obrigada a se atirar do carro em movimento para socorrer o filho. Ela teve traumatismo craniano.

O boletim de ocorrência foi registrado como tentativa de feminicídio e tentativa de homicídio.

O bebê está com o estado de saúde estável e segue internado em uma unidade de pronto atendimento (UPA) de Novo Hamburgo. A mãe foi levada ao Hospital Municipal da cidade.

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul informou ao portal g1 que o homem já tinha histórico de violência doméstica contra a companheira, mas não havia medida protetiva em vigor contra ele.

Confira as informações no Correio Braziliense.

Integrantes do Revelação são assaltados e esfaqueados em Salvador.

 (Divulgação)
Divulgação

O Grupo Revelação se apresentou em Salvador e, após o show, foram assaltados e esfaqueados em Salvador.

O Grupo Revelação foi vítima, na madrugada deste domingo (11/2), de uma assalto. Os pagodeiros sairam de uma apresentação no Carnaval de Salvador, quando foram abordados pelos criminosos. Dois integrantes foram esfaqueados.

Segundo informações da assessoria de imprensa da banda, Rogerinho e Mauro Júnior se feriram no assalto. O primeiro tentou se defender e precisou levar seis pontos, além de cortes superficiais nas costas.

O assalto ocorreu por volta das 5h, depois da apresentação. Em nota, a assessoria informou que os integrantes passam bem e estão se recuperando.

Confira o texto completo no Metrópoles.

Cenas de pancadaria são registradas no desfile das Virgens em Olinda.

Imagem mostra ação da PM para dispersar confusão (Foto: Redes Sociais )
Imagem mostra ação da PM para dispersar confusão (Foto: Redes Sociais )
Imagens divulgadas em redes sociais mostram a Polícia Militar agindo para dispersar confusões. Polícias não divulgaram balanço de ocorrências.
O que era para ser apenas uma festa de carnaval, mais uma vez, virou palco de brigas.
O desfile das Virgens de Bairro novo, em Olinda, no domingo (4), teve cenas de pancadaria entre jovens.
Imagens divulgadas em redes sociais mostram a Polícia Militar agindo para acabar com focos de confusão.

Este ano, no 69º defile da agremiação, a ideia foi combater o racismo e a misoginia.
Uma multidão se reuniu na área e acompanhou os trios elétricos.
Desde o domingo, o Diario de Pernambuco entrou em contato com as Polícias Militar e Civil para solicitar um balanço de ocorrências, mas não recebeu retorno.
Na manhã desta segunda (5), a equipe enviou um novo pedido e ainda aguarda a atualização dos casos.
O que disse a PM
Por meio de nota, a Polícia Militar falou sobre o efetivo destacado para acompanhar o desfile, mas não informou o balanço das ocorrências.
Segundo a corporação, aproximadamente 600 policiais militares participaram das ações ao longo dos 1,5 quilômetro do trajeto.
O policiamento lançado foi realizado através das patrulhas a pé, plataformas de observação, motocicletas e viaturas. Unidades especializadas reforçaram a segurança no local como os Batalhões de Choque (BPChoque), o de Operações Especiais (Bope), de Radiopatrulha (BPRp), de Trânsito (BPTran) e de Polícia Rodoviária (BPRv). Além da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) e o Regimento de Polícia Montada (RPMon).

Corpo de MC que estava desparecido é encontrado em área de matagal no Grande Recife.

Corpo de "MC Bryan" foi encontrado (Foto: Redes Sociais )
Corpo de “MC Bryan” foi encontrado (Foto: Redes Sociais )

A polícia trata o caso de “Bryan” como “homicídio consumado”

O corpo de um jovem artista que estava desaparecido foi encontrado em uma área de matagal no Grande Recife.

Carlos Mateus da Silva, conhecido como MC Bryan, foi achado em uma área de difícil acesso perto de uma fábrica de pólvora, em Pontezinha, no Cabo de Santo Agostinho.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado por uma equipe da Força-Tarefa de Homicídios Metropolitana Sul, mas as investigações devem ficar com o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

O corpo foi descoberto no sábado (20), mas o caso foi relatado pela polícia, por meio de nota enviada nesta segunda (22).

A polícia trata o caso como “homicídio consumado”. O corpo estava em “avançado estado de decomposição”, na área de mato.

O desaparecimento do jovem levou a família a fazer uma campanha nas redes sociais para pedir ajuda para encontrar a vítima.

A mãe dele esteve presente no local acompanhando as buscas. Pelo estado avançado de decomposição do corpo, só foi possível identificar que se tratava de MC Bryan por causa da tatuagem que ele tinha no braço e da trança no cabelo.

“As investigações seguem até o esclarecimento do caso”, informou a corporação.

Por: Diario de Pernambuco.

 

Saiba quem era Sérgio Bomba, miliciano executado na Praia do Recreio.

Sérgio Bomba foi executado na zona oeste (Crédito: Reprodução)
Sérgio Bomba foi executado na zona oeste (Crédito: Reprodução)
O miliciano Sérgio Bomba foi executado na noite desse domingo (21/1), em um quiosque na Praia do Recreio, zona oeste do Rio de Janeiro.

Executado na noite desse domingo (21/1), o miliciano Sérgio Rodrigues da Costa, mais conhecido pelo apelido de “Sérgio Bomba”, é apontado pela polícia como o chefe da quadrilha que atua em Sepetiba, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Morto aos 44 anos, o líder da milícia estava com a namorada em um quiosque na Praia do Recreio dos Bandeirantes, também na zona oeste da capital fluminense, quando foi surpreendido e assassinado a tiros. A mulher não se feriu.

No momento, a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), da Polícia Civil do Rio, investiga o caso. Os agentes buscam por testemunhas para identificar a autoria e motivação do crime.

Confira a reportagem completa no Metrópoles.